quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Cocaína

Boa tarde! Iniciaremos com um clássico da química marginal, a segunda droga ilegal mais traficada no mundo!

A cocaína.
Começo de tudo...

A folha de coca é usada comprovadamente há mais de 1200 anos pelos povos nativos da América do Sul. Eles a mastigavam para ajudar a suportar a fome, a sede e o cansaço, sendo, ainda hoje, consumida legalmente em alguns países (Peru, Bolívia) sob a forma de chá . Os Incas e outros povos dos Andes usaram-na certamente, permitindo-lhes trabalhar a altas altitudes, onde a rarefação do ar e o frio tornam o trabalho árduo especialmente difícil. A sua ação anorexiante (supressora da fome) lhes permitia transportar apenas um mínimo de comida durante alguns dias.
Inicialmente os espanhóis, constatando o uso quase religioso da planta, nas suas tentativas de converter os índios ao cristianismo, declararam a planta produto do demónio.
O seu uso entre os espanhóis do novo mundo espalhou-se, sendo as folhas usadas para tratar feridas e ossos partidos ou curar aconstipação/resfriado. A coca foi levada para a Europa em 1580.

Até o Papa!


No ano de 1863, o químico italiano Angelo Mariani, criou uma infusão alcoólica das folhas de coca chamada Vinho Mariani. O vinho Mariani era muito apreciado pelo Papa Leão XIII, que inclusivamente premiou Mariani com uma medalha honorífica. Sem dúvida que o sucesso do vinho se deve aos efeitos da cocaína.                                                                        
                                             Propaganda do vinho Mariani

Até 1903, a Coca-cola era um xarope de coca (há sabia que não era lenda!!). Nessa época, os fabricantes, preocupados com o risco de dependência, retiraram a cocaína da fórmula, substituindo-a por cafeína. Em 1914, a venda e o uso de cocaína foram proibidos. 
Propaganda da Coca-cola (1900)

A popularidade da cocaína ganha terreno: Em 1885 a companhia americana Parke Davis vendia livremente cocaína em cigarros, pó ou liquido injectável sob o lema de "substituir a comida; tornar os covardes corajosos, os silenciosos eloqüentes e os sofredores insensíveis à dor"(esqueceu da parte da dependência, mas até ai as propagandas de cerveja e cigarro também esquecem... enfim...).

Cocaína em pó vendida pela Parke Davis na época

Porém não foi só o Papa!

Em VienaSigmund Freud, o médico criador da psicanálise experimentou-a em pacientes, fascinado pelos seus efeitos psicotrópicos. Publicou inclusivamente um livro Über Coca sobre as suas experiências. Contudo acabou por se desiludir com a dependência a que foram reduzidos vários dos seus amigos.

Produção (NINGUÉM VAI DAR RECEITA AQUI HAHA).

Alguns dos produtos usados para transformar a folha de coca, no pó mais cheirado do mundo, incluem: cimento, ácidos, gasolina/querosene, acetona/éter (só coisa saudável!). Para "diluir" o produto bruto, utilizam, aspirina, fenacetina, cimento branco, entre outras coisas que passem desapercebidas, e sejam mais baratas.

Primeiro post nunca é dos melhores! Mas prometo que farei algo mais elaborado!



Espero que tenham gostado, e reforço o aviso acima, este blog é sobre moléculas, suas características, curiosidades e etc... NÃO HAVERÁ POST SOBRE MANOFATURA DE QUALQUER DROGA!





Fontes:


http://pt.wikipedia.org/wiki/Coca%C3%ADna

http://www.obid.senad.gov.br/portais/OBID/conteudo/index.php?id_conteudo=11330&rastro=INFORMA%C3%87%C3%95ES+SOBRE+DROGAS%2FTipos+de+drogas/Coca%C3%ADna

http://br.drugfreeworld.org/drugfacts/cocaine/international-statistics.html



Nenhum comentário:

Postar um comentário